quinta-feira, 13 de julho de 2017

O paradoxo trabalhista nas redes sociais (Ou: “O falso humanismo no mundo cibernético”)

Muitas pessoas que hoje, nas redes sociais, se expressam acintosamente contra a REFORMA TRABALHISTA, alardeando palavras ofensivas contra o Governo e o Congresso Nacional, enfiaram as suas línguas nos cus quando os MÉDICOS CUBANOS foram importados para serem EXPLORADOS (sem quaisquer diretos trabalhistas pátrios) em solo brasileiro.
Em suma, suas opiniões mudam ao sabor de quem eles desejam contestar. SÃO OS HIPÓCRITAS CIBERNÉTICOS!

Nenhum comentário:

Postar um comentário