quinta-feira, 19 de junho de 2014

Liminar suspende greve no IFPA (Ou: "Greve é para quem tem poder de barganha")

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), recebeu na tarde de 17 de junho de 2014, duas liminares do Superior Tribunal Justiça acolhendo os pedidos da Advocacia-Geral da União (AGU) de suspender a greve de técnicos administrativos e professores de institutos de ensino e universidades federais. Os profissionais não podem fazer greve ou impedir o acesso de servidores que não paralisaram as atividades, sob pena de multa diária, respectivamente, de R$ 100 mil e R$ 200 mil por ordem descumprida.
O IFPA comunica à comunidade, a retomada imediata das atividades previstas no calendário acadêmico 2014. A decisão foi tomada em cumprimento ao que determinam as liminares e em reunião, na manhã do dia 18 de junho de 2014, na presença do Magnífico Reitor Pro tempore do IFPA, Prof. Élio Cordeiro, bem como dos diretores dos Campi e Pro Reitores de ensino. A Reunião aconteceu presencialmente, por telefone e via teleconferência para que todos os Campi fossem rapidamente informados das decisões.
Comunicado Reitor: http://goo.gl/rCR3x0
Liminar STJ Técnico Administrativo: http://goo.gl/932JHB
Liminar STJ Docentes: http://goo.gl/tZYaRU
Comunicado Advocacia-Geral da União: http://goo.gl/sYCPru


2 comentários:

  1. a meu parecer é o poder que consegue dominar na era do samba,futebol e cerveja.eu recebi o comunicado em outro estado e vim para belém,com isso vim a saber que o meu bolsa permanecia nao será pago pois houve uma reuniao nao sei com quem e tao pouco falaram quem organizou,pois para receber tem que ter alguma atividade no setor pibid e semelhantes ,BEM FICA O MEU RECADO CHEGUEI E COMO A MAIORIA FALAM ,NAS MINHAS COSTAS QUE SOU UM REVOLUCIONARIO,VOU FAZER POR ONDE REVERTER COMO ACADEMICO ESSA ESTUPIDES DE MANDAREM E OUTROS ESTUDANTES ACEITAREM.

    ResponderExcluir
  2. O sistema só enxerga o que convêm para ele, e a intervenção veio pra isso mostra que o sistema da Administração Pública está acima de tudo e de todos , até mesmo de pequenas entidades sindicais como o SINASEF, que até hoje não consegue ter acordo REAL junto ao governo independe do partido atual o sindicato não esta sendo conciliador com a Administração , o mesmo esta vendo apenas o lado SINDICAL , que na verdade deveria fazer o papel de mediador do processo , acredito que o SINASEF deverias ser desmembrado para defender apenas os docentes, pois os técnicos em educação são amparador pela FASUBRA com o mesmo plano de carreira das universidades. Sei também que o professor analisa todos os textos mas como sou apenas um leitor dificilmente irá identificar este servidor que expressa esse momento de Acordos frustrados de nossa representação Abraços professor Ass: Servidor do IFPA Reitoria

    ResponderExcluir