segunda-feira, 15 de abril de 2013

Tenente NONATO deixa a PMPA de luto

O editor deste blog compartilha a tristeza da classe miliciana pelo inesperado e precoce falecimento, no dia de hoje, do Tenente PM Nonato, lotado no 1º BPM, Unidade onde trabalhou e honrou a farda da Briosa Milícia de fontoura.  
 

 
 

2 comentários:

  1. Wolgrand, por que não matam policiais civis? Não estou aqui para levantar suspeitas, mas que deve haver um motivo, deve. Qual a sua opinião? Abç!

    ResponderExcluir
  2. Sempre observava a maneira dedicada e atuante com que o tenente Nonato exercia sua profissão na operacionalidade, sempre o julguei pelo que via na mídia, e, pelo que ouvia do militar sua impar dedicação a operacionalidade foi como dizíamos um homem linha de frente digno de ser seguido nesta especial e difícil condição nem sempre primada por todos. Provavelmente por isso mesmo, precisou, não só pela condição pessoal, mas, pela condição ao exercício profissional, emagrecer. Provavelmente pelo espaço curto para que exercitasse o físico, optou pela operação bariátrica. Na realidade ele, e, alguns como ele já na condição de tenente apresentam um exagerado peso, esta condição anteriormente era constatada a partir do militar galgar a condição de major/capitão?,Provavelmente tal fato ocorre em decorrência de vários fatores sociais,alimentares adotados erroneamente pela sociedade,ou mesmo os impedimentos maiores funcionais.O infeliz desenlace deve servir de norte a todo militar atuante,principalmente aos superiores responsáveis pela apresentação de seus subordinados,e,pela própria.A instituição tem o dever de propiciar a seus membros o exercício físico regular,estimular a pratica do esporte e do exercício,e,principalmente submeter todos aos testes periódicos de aptidão física,quem sabe assim,no futuro tenente não necessite submeter-se a um ato cirúrgico para emagrecer.O Nonato ainda teve a decência de procurar corrigir a falta,talvez pela impossibilidade funcional do exercício físico,em procurar corrigir uma condição que lhe alcançou,e,que a muitos ainda poderá alcançar,tudo para se sentir bem junto aos comandados,e,poder acompanhá-los ombro a ombro.Provavelmente outros iguais a eles,mesmo soldados ,sargentos ou capitão encontrem-se no combate a criminalidade em desvantagem de mobilidade aos facínoras que não vacilarão em ceifar-lhes a vida pelo favorecimento do corpanzil.Nossa instituição deve se alertar para este fato,e,passar a tratar melhor o preparo físico de seus membros.MEUS PESAMES A FAMILIA ENLUTADA,E,MEU ALERTA AOS CAMARADAS E A DIREÇÃO DA INSTITUIÇÃO.

    ResponderExcluir