quarta-feira, 6 de março de 2013

Os Quartéis dos poderes (Walmari Prata Carvalho)

A coluna Repórter Diário do jornal Diário do Pará em seu tópico Quartel, editado hoje, comenta o uso de militares disponibilizados em excesso a Assembléia Legislativa, onde seu presidente Marcio Miranda teria transformado aquela casa legislativa em um verdadeiro quartel, e, ainda fazendo analogia a condição de insalubridade, entre os que por lá executam suas atribuições isentos de a executarem em locais de maior risco e intempéries como, por exemplo, o Campo de Futebol, local este normal aos demais servidores da segurança.
.
Devemos todos ter em mente que o Dep. Presidente da Assembléia antes de ser deputado por um ou mais período eletivo já era oficial da PM, e, sempre o será, talvez, por isso mesmo esteja querendo transformar a assembléia em uma unidade militar, quem sabe, assim poderia então exercitar a condição de comando a qual jamais exercitou durante o curto período em que esteve no ‘’exercício’’ do oficialato PM. O pior de tudo é que, inúmeros outros setores do estado exercitam do mesmo costume, apesar de seus dirigentes maiores, não fazerem parte da oficialidade da PM. Na realidade ninguém apura ou aponta o dedo aos excessos justamente porque também pratica do desvio de finalidade, ou por não existir o espaço legalmente onde o PM foi alocado, ou por exceder em PMS o quadro existente. Todos se manietam no consumismo da mão de obra desviada de sua finalidade; não escapa nenhum dos poderes, nem mesmo o quarto poder, isto sem contar os obsequiados com favores espúrios decorrentes do beneplácito de comandantes subservientes a padrinhos indicadores de cadeiras, os quais acabam usufruindo de uma segurança particular a nossa custa.
.
Esta é a rotina no estado, exercitada desde que adão era cadete. Ninguém consegue fugir ou se opor a esta rotina é um conchavo estrutural entre os poderes, e, os fiscais dos poderes. Todo aquele que busca regularizar esta esdrúxula condição é esmagado pela maquina estatal se adequando sendo depurado ou implodido.
.
Desconhecimento do fato ninguém poderá argüir, pois, onde formos encontraremos PMS abrindo portas; carregando malas; dirigindo para madames; levando filhos de autoridades diversas a colégios e festas; fazendo segurança em comícios políticos; servindo cafezinhos; que aponte o dedo, quem nunca presenciou em algum momento um desses absurdos.
.
Agora o mais interessante de tudo isto é que, apesar da explicidade dos fatos, somente se produz uma denuncia, mesmo midiática, apenas quando os interesses particulares ao usufruto das benesses atingem setores ou pessoas próximas, ate então, tudo como antes que eu não me chamo Abrantes. Perdeu, perdeu que a PM se exploda, eu quero é espaço, ou não é assim?
.
Ate quando será?
.
Belém 06 de março de 2013.
.
WALMARI PRATA CARVALHO
walmariprata@hotmail.com

7 comentários:

  1. É Walmari o uso de PMs para atender os engravatados do Pará é velha. A população é que deve se fuder mesmo, quem manda ficar inerte enquanto a polícia faz a segurança dessa cambada. Pobre de nós.

    ResponderExcluir
  2. Também,ganhando uma gratificação polpuda, até eu queria essa boca.Manda eles trabalharem sem essa gratificação, como todos eles rasgam da assembléia.Tem um 1ºsgt que trabalha lá a mais de trinta anos, e ele não vai pedir reserva para não perder essa boca.Só a gratificação que eles ganham,dá pra comer um mês sem mexer no salário.

    ResponderExcluir
  3. cel walmarí, esse capitao médico da reserva remunerada sempre trabalhou em castanhal, era o maior quiabo que existia por lá, sempre teve preconceitos por PMs por se achar melhor que os outros, hoje quer PM babando em suas botas. Esse promotor militar só mete em quem for indicado por amigo dele. No próprio MP e justiça tem sargento feminino sendo utilizado só para servir água e cafezinho e ela se embruteceu com a arrogância do juiz militar que quer ser desembargador. Dr Armando Brasil faça a sua parte, denuncie o que acontece de errado na sua instituição e naquela que se utiliza de PMs para satisfação pessoal. O povo já não aguenta ser assaltado, assassinado, estuprado, sequestrado, enquanto PMs são vistos comprando garapa na frente do banpará para servir promotores e juízes. Monte uma guarda velada do lado do ministério público para ver o que acontece. Tem até oficial superior comprando garapa para promotor. Temos que dar um basta!!!!filmar, fotografar e mostrar para o mundo que o Pará tem esse lugar criminal por terem seus PMs trabalhando carregando pasta dos outros e nao uma ponto quarenta para deter bandidos. No interior é muito pior, é que a imprensa tem medo dos promotores e nao denunciam.

    ResponderExcluir
  4. Ao anonimo de sete de março das 23:53;Você tem razão total,qualquer pessoa,inclusive nós mesmos desejamos trabalhar num espaço sem riscos e ainda receber mais por isto.O erro não se encontra nos desejos pessoais,mas,nos oficiais responsáveis pela distribuição desse efetivo que não remaneja seu efetivo,para com equidade permitir que outros venham a usufruir do mesmo beneficio,e,ate mesmo para não transformar aquele que lá se perpetua num policial sem as habilidades necessarias para o serviço ostensivo.Onde andara nossos regulamentos ou leis de movimentação precisa ser aplicada,e,os que a conhecem precisam exigir cobrando sua aplicação.Aqui respondo tambem ao anonimo de 09 de março.Você tambem apresenta visão corretissima,e,pelo mesmo motivo já postado acima registro que estas confirmações ao que foi postado em meu texto precisam ostensivamente,rotineiramente,e,incansavelmente chegarem aos que não cumprem seus deveres de oficio permitindo esta esdruxula condição de emprego de PM é o primeiro movimento burocratico e administrativo;depois o façam aos seus representantes de associações impondo conjuntamente que ingressem na justiça responsbilizando que permite,e,quem aceita.Caso em contrario isto perdurara.Espero que o MP perceba que estão colocados no mesmo balaio,e,busquem correção,mesmo cortando a propria carne,Serà?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Sr ta certo na sua colocação.O Governo tem que criar uma guarda especializada só para esse fim,(puxar saco)E colocar nas repartições publica de todos os Órgãos, e tirar TODOS os PMs disponível e joga-lo no PEOZÃO.AI O SR VAI VER ATESTADO MÉDICO VOANDO NA BOCA DO VENTO DESSES ALMOFADINHOS.

      Excluir
  5. Infelizmente Cel Walmarí esses presidentes de associações são fracos, subservientes e um deles é cria do marcio miranda que fica perseguindo PMs em altamira em conjunto com o ex da ALEPA que é um dos maiores ladrões do erário público (Domingos Juvenil) ficando atras somente do jader. Esses promotores se cagam de medo de detonarem seus erros e dos políticos errados senão acabam voltando para o distrito de icoarací.

    ResponderExcluir
  6. Quem elege os presidentes de associações?Esperimentem se unir somente para fazer desta eleição uma vontade social de um setor unido,coeso...depois,poderão ver que podem muito mais do que eleger um simples presidente de associação,...tentem...

    ResponderExcluir