terça-feira, 22 de janeiro de 2013

A lista tríplice de dois. Até na matemática o Ministério Público do Pará é reprovado.

 
Até hoje, apenas dois candidatos se apresentaram para concorrer ao cargo de Procurador Geral de Justiça do Estado do Pará. A razão para esse aparente desinteresse é simples. A disputa, como já foi dito deste blog, não é de pessoas, mas de grupos. Aquele que está no poder e o que aspira por ele. 

 Os membros do Parquet podem ser omissos, mas não são burros. Sabem que o grupo que apresentar mais de um candidato fragmentará os votos destinados à sua tendência e favorecerá o adversário. Como no MP não existe uma terceira via, tudo indica que a Lista Tríplice conterá apenas dois postulantes ao cargo.
 
A questão política no órgão demonstra o que qualquer pessoa letrada é capaz de inferir: até na matemática o órgão é reprovado.     
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário